Josué – O Príncipe do Exército do Senhor


Ao longo da história do povo de Deus, Deus graciosamente se revelou em algumas ocasiões através  de um personagem enigmático chamado de o anjo do Senhor. Esse anjo não era um anjo comum, criado, e sim o próprio Deus em suas teofanias, ou seja, Deus aparecia aos seus servos escolhidos em forma humana. Esse anjo era o Senhor Jesus Cristo antes de sua encarnação.Por ser Deus, esse anjo era adorado e obedecido. Quando Moisés morreu, Deus nomeou Josué e o encarregou de conquistar a terra da promessa. Após a passagem do Rio Jordão que fora represado pelo poder de Deus, seguiu-se um preparo espiritual do povo (circuncisão e celebração da Páscoa) para a conquista da terra prometida por Deus a Abraão e sua descendência. As guerras que seriam travadas eram chamadas de as guerras do Senhor. O Senhor era o comandante do seu exército, as estratégias eram D`Ele, cabendo a Josué apenas obedecer, o que aconteceu, e a conquista da terra foi feita em três etapas: a campanha central, a campanha do sul e a campanha do norte. Trinta e uma cidades-estados foram conquistas por Israel sob o comando supremo do Príncipe do Exército do Senhor. No contexto do preparo do povo para a conquista da terra, Josué teve o privilégio de ver o Príncipe do Exército do Senhor, numa teofania, é o que relata Js 5.13-15. Nessa teofania o Senhor Jesus apresenta-se a Josué como o comandante supremo do exército do Senhor. O texto nos diz que Josué ao receber a revelação de que estava diante de Deus, cai por terra, prostrado, e O adora, e se dispõe a ouvir as Suas divinas orientações. Em diversas partes da Bíblia nos é revelado que o Senhor é varão de guerra. “O SENHOR é varão de guerra; SENHOR (IAVÉ) é o seu nome” Ex 15.3. “Quem é este Rei da Glória? O SENHOR forte e poderoso, o SENHOR poderoso na guerra” Sl 24.8. O Príncipe do Exército do Senhor representa Cristo, era o próprio Cristo que conquistou o Céu para nós. Ainda no livro de Josué, o próprio Josué é um tipo de Cristo no seu papel de fazer o povo de Deus possuir a terra da promessa – Jesus introduz a Igreja na terra prometida (o Céu).