Mc 9.14-29 - A Cura de um Jovem Possesso


Nessa parte do Evangelho, Marcos relata um incidente que aconteceu após a transfiguração do Senhor. O texto diz que um homem desesperado procurou os discípulos de Jesus e pediu que eles expulsassem um demônio que fazia o seu filho mudo, e eles não puderam. O pai do jovem descreve o lastimável estado dele quando o espirito maligno se manifestava. “e este, onde quer que o apanha, lança-o por terra, e ele espuma, rilha os dentes e vai definhando” v18. “e muitas vezes o tem lançado no fogo e na água, para o matar;...” v22. Depois de censurar a multidão por causa de sua incredulidade o Senhor mandou que Lhe trouxessem o jovem e ali em sua presença o demônio se manifestou, mas Jesus o repreendeu e o expulsou e o jovem ficou liberto. Antes da expulsão do demônio, o pai do jovem perguntou a Jesus se Ele poderia fazer alguma coisa, se pudesse que o ajudasse. Aí Jesus respondeu com as celebres palavras: “Tudo é possível ao que crê” v23. Quando da expulsão do demônio o jovem ficou caído como morto, mas Jesus o tomou pela mão e o levantou. Em particular os discípulos perguntaram a Jesus porque eles não puderam expulsar o demônio. Jesus respondeu que naquele jovem estava uma casta de demônios e só com oração e jejum ela poderia ser expulsa.