Introdução a Teologia

Introdução a Teologia


Autor: Pastor Eudes Lopes Cavalcanti


1) Etimologia

A palavra teologia é de origem grega. Theos = Deus; Logos (logia) = discurso, tratado, expressão.

2) Conceitos 

a) Teologia quer dizer o estudo ou tratado acerca de Deus
b) Teologia é a ciência que trata de Deus e das relações entre Deus e o universo (STRONG)
c) Teologia consiste em fatos relacionados com Deus e suas relações com o universo, apresentados de maneira lógica, ordenada e consistente.
d) Teologia é o estudo e a declaração cuidadosa e sistemática da doutrina cristã.

3) A importância da Teologia

a) A Teologia satisfaz a mente humana
b) A Teologia serve para a pureza e defesa do Cristianismo
c) A Teologia ajuda na propagação do Evangelho
d) A Teologia fundamenta a prática cristã

4) Divisão da Teologia
Teologia Bíblica – É a parte da Teologia que se ocupa com a exposição do conteúdo dos ensinos dos autores bíblicos. Divide-se em Teologia do Antigo Testamento e Teologia do Novo Testamento.
Teologia Histórica – É o estudo do desenvolvimento da doutrina ao longo do curso da história da Igreja, enfocando as origens, o progresso e os desvios da doutrina cristã.
Teologia Sistemática – É o estudo de toda a verdade cristã, no aspecto mais abrangente e sistemático, tomando-se por base o material fornecido pelas Escrituras, mas servindo-se também de outros ramos do saber, como Filosofia, História, Psicologia,... na medida em que esses ramos do saber podem ajudar no esclarecimento das verdades tratadas na Revelação.
Teologia Prática - Cuida da aplicação prática das verdades tratadas na Teologia em geral, especialmente na Sistemática, visando uma vida espiritual coerente com o ensino proposto.
5) Os Métodos de Estudo da Teologia

a) Método Dedutivo – Este método deduz o sistema de princípios filosóficos aceitos, a priori, ou seja, leva-se o sistema teológico a se acomodar a princípios filosóficos previamente aceitos.
b) Método Místico – Este método trata a Teologia com base nas “revelações especiais” de Deus, independentes das Escrituras.
c) Método Indutivo – Este método é o método usado pela ciência natural, a saber: a coleção de fatos, a sua classificação e o estudo das leis que os regem. Este é o método correto que é utilizado pela Teologia para apresentar as conclusões consistentes reveladas nas Sagradas Escrituras. Este método segue os seguintes passos para chegar as suas conclusões:
- Definir e esclarecer o problema ou a questão teológica.
- Identificar as várias soluções do problema que foram sugeridos na história cristã.
- Estudar a fonte da teologia cristã, a Bíblia, para determinar exatamente o que diz o texto, e chegar as conclusões preliminares.
- Relacionar as conclusões preliminares com a Revelação e com as outras doutrinas já estabelecidas, para concretizar esta resposta teológica.
- Defender esta conclusão diante da oposição das ideologias contrárias.
- Aplicar as conclusões teológicas às situações específicas da vida neste mundo.

6) Os Tipos de Teologias (catalogação)

- Por Épocas (Teologia Patrística, Medieval, Reforma, Contemporânea)
- Por Ponto de Vista (Teologia Arminiana, Calvinista, Católica, Barthiana, Libertação)
- Por Ênfase (Teologia Histórica, Bíblica, Sistemática, Apologética, Exegética,...)


7) Divisão da Teologia Sistemática

a) Bibliologia (O Estudo da Bíblia)
b) Teontologia (O Estudo acerca de Deus)
c) Antropologia (O Estudo do Homem)
d) Hamartiologia (O Estudo acerca do Pecado)
e) Cristologia (O Estudo da Pessoa de Cristo)
f) Soteriologia (O Estudo acerca da Salvação)

g) Angelologia (O Estudo acerca dos Anjos)
h) Pneumatologia (O Estudo acerca do Espírito Santo)
i) Eclesiologia (O Estudo da Igreja)

j) Escatologia (O Estudo das Últimas Coisas)